Translate

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

O DOCE SABOR DA VINGANÇA

Vamos admitir, quem inventou essa máxima “Vingança é um prato que se come frio” estava bem por fora, porque uma vingança bem elaborada é doce como uma sobremesa. Fria ou quente, vem depois, mas é uma delícia.

Seu chefe pisa em você faz 5 anos. Um belo dia outra empresa lhe oferece uma proposta extravagante. Qualquer um já se sentiria vingado, em parte. Mas é claro que você não vai correndo pedir sua demissão. A vingança tem que ser pensada, nem que seja um pouquinho.

É final de expediente e o telefone da sua mesa toca. Seu chefe pede para você finalizar os relatórios que sempre lhe fazem sair depois das dez. Você sorri do outro lado da linha, porque seu horário já acabou, propiciando o momento tão esperado...  Calmamente, você nega o pedido do seu chefe e manda a ele fazer. Ele mais uma vez, e a última, é grosseiro. Então, você diz em alto e bom tom tudo aquilo que está guardado em 5 anos de tortura capitalista. Seus colegas lhe olham espantados, enquanto você vai às nuvens. A paz da liberdade daquele maldito ditador é um brigadeirão suculento.

E vingança de amor? Sua ex-namorada aparece numa festa com outro cara no dia seguinte ao término da relação. Você se sente um lixo. Primeiro porque isso significa que ela que o deixou ou o traiu. Segundo, que o cara de agora deve ser melhor, caso contrário ela não o trocaria. E, terceiro, você ainda a ama e não suporta a idéia de outro homem a tocando. Você está sem chão. Repara no olhar de pena dos seus amigos. O sorriso de felicidade na face dela, mesmo que forçado, é um cruzado de direito no meio da sua cara. Só resta ir para a casa e chorar.

Mas na semana seguinte você conhece a mulher mais gostosa e almejada da cidade. Uma nova festa. Você atrasa um pouco, para dar tempo de todo mundo chegar. Ensaia aquele sorrisão, e quando entra na boate de mão dada com a loira, os holofotes acendem. Seus amigos ficam impressionados. A sua ex sente o gosto amargo da vingança e procura um buraco para se esconder. Ôooo sobremesa deliciosa, em todos os sentidos. É um brownie quentinho com sorvete de flocos em cima e muita calda de chocolate.

As vinganças Miojo são instantâneas. Em minutos você está vingado. Dois homens recém conhecidos conversam durante um tempo sem saberem os nomes um do outro. O primeiro pergunta. O segundo responde: Godofredo. A gargalhada é tão alta que todos à mesa reparam. Querendo mudar de assunto, Godofredo, completamente envergonhado e planejando vingar-se de seu próprio pai, pergunta: E o seu? E o primeiro homem responde: Tibúrcio. Godofredo chora de rir. E logo pede um bolo de chocolate com recheio de doce de leite e amanditas, mas não consegue parar de rir.

Há também aquelas vinganças exatas. Você cai em um dia e alguém zomba. No outro, a pessoa cai do mesmo jeito. Não tem como não rir e verbalizar um “Bem feito” abrindo um bombom Sonho de Valsa.

Algumas vinganças saem melhores do que o planejado. Bin Laden que o diga. Duvido que ele previsse a queda das torres gêmeas atingidas pelos aviões. E, apesar das mortes e de todo horror, certamente o terrorista sorriu com o doce sabor da vingança. Mesmo sorriso de Bush, quando Saddan Hussein foi enforcado.

E a vingança começa a desandar. Um menu perigoso que sugere um ciclo catastrófico em que vamos sempre sair prejudicados. Sem falar que, enquanto planejamos e executamos uma vingança, estamos desperdiçando o tempo de levar o bem a quem amamos. É o sentido da vida que se perde em um ato vingativo. Principalmente por que existe algo muito mais saboroso. O perdão!



O perdão causa uma sensação inexplicável de alívio, redenção, dádiva. Faz bem para o algoz, mas faz muito melhor para quem perdoa. É mais gostoso perdoar do que ser perdoado porque, talvez, você descarregue todo o peso de uma vida de sobremesas hiper-mega calóricas. São quilos de amargura jogados fora. E quanto maior o mal sofrido, maior o peso que se tira do peito. Perdoar é mais do que ir a um rodízio de japonês ou de pizza. É como abrir seu próprio restaurante e ficar muito rico... de caráter. E, embora não seja tão simples e doce quanto a vingança, o perdão sempre será o fermento da nossa alma...

5 comentários:

Silvia Coleto disse...

A princípio pensei que fossem dicas de vingança rss... Mas ao final, vi a dica que de fato queria dar. Concordo plenamente com vc Luciano, e a vingança é como o jogo psicológico, só tem perdedores, ninguem nunca ganha. Bjo

Lauriene disse...

No começo cheguei a estranhar, pensando que você estava realmente falando sobre a " importância " de se sentir vingado ( a). Por mais que desejemos imbutir sentimentos e pensamentos iluminados, é normal do ser humano se sentir " vingado" diante de qualquer um dos exemplos acima.
Achei , mais uma vez, fantástico a maneira como as idéias avessas se encontram em suas crônicas.
Você, como sempre passando mensagens positivas e nos surpreendendo.
AMEI !!!!! Você está cada vez mais ... " MAIS" !

Filosofia disse...

Luciano... Sob o ponto de vista budista e do espiritismo, a lei de causa e efeito é rigorosa e abrange o passado, o presente e o futuro de nossas existências... Produzimos causas boas ou ruins a todo instante, com pensamentos, palavras e ações, ou sej...a, nossa vida atual é efeito de causas geradas no passado e no presente e, portanto, esses resultados são de nossa única e exclusiva responsabilidade... Passado não se muda... Presente e Futuro SIM !!!... O Perdão é Virtude das almas Maduras... ORAÇÃO DA SERENIDADE SEMPRE ... - Concedei-nos, Senhor... A Serenidade necessária para aceitar... As coisas que não podemos modificar... Coragem para modificar aquelas que podemos... E Sabedoria para distinguir umas das outras... Muita Luz... Mille Bacci...

Caren disse...

rá! te conheço, guri! tinha certeza de o texto ia tomar outro rumo! esse papo dá pano pra manga! te amo! beijos

lukinha disse...

OOOOOOOO LU... TAÕ SEGURAS SAÕ ESSAS PALAVRAS ,QUE DE UMA MANEIRA MUITO ALEGRE ,NOS LEVA A PENSAR QUE MUITAS VEZES PERDEMOS TANTO TEMPO COM TAÕ POUCO....A VINGANÇA NAÕ E UM PRATO QUE SE COME FRIO E SIM.... UM PRATO INDIGESTO... OBRIGADA, POR COMPARTILHAR CONOSCO SUAS EXPERIENCIAS AMIGO... BJS DE LUZ...